Uma corrente é tão forte quanto o seu elo mais fraco.

Mas, a pergunta é… Como, na sua equipe, você vai identificar os elos mais fracos, que podem arriscar o sucesso do processo? E o que vai fazer depois de identificar?

Importante observar que o mesmo integrante da sua equipe pode ser um elo forte para uma tarefa e, para outra tarefa, ser o elo mais fraco. Ou seja, o elo fraco não está ligado à pessoa, e sim à habilidade para executar alguma determinada atividade.

Para identificar os elos fracos, você deve mapear o conhecimento e a habilidade de sua equipe em relação ao padrão desejado, para então capacitar e reduzir as fraquezas (elos fracos).

Outro ponto importante é que, a partir do conhecimento dos elos fracos, você vai saber quais integrantes da equipe devem ser reunidos para uma determinada tarefa (elos mais fortes sempre juntos). Desta forma O RISCO DA FALHA É REDUZIDO. Não se iluda, pois dificilmente você terá todos os integrantes como elos fortes para todas as atividades.

Importante: para que você tenha resultados eficazes, participe do dia a dia de sua operação, para conhecer os elos fracos de cada integrante da equipe.

Desta forma a chance de sucesso é maior, com as Pessoas Certas nas Atividades Certas.