1) CURSO DE FORMAÇÃO: o melhor resultado que obtive em um curso de auditores internos da Qualidade foi na oportunidade que contratei uma empresa que, além de um instrutor com muita experiência, contava com uma psicóloga que acompanhou todo o curso. Esta profissional fez toda a diferença, pois além do curso ter sido enriquecido pelas atividades que ela conduziu, ao final do treinamento eu recebi uma análise comportamental de todos os auditores internos, o que facilitou na escalação do Auditor Certo para a Auditoria Certa e em futuras orientações para melhoria do desempenho.

2) UTILIZAR O AUDITOR EXTERNO COMO TREINADOR: durante as auditorias de certificação ou manutenção, sempre escolhi um ou dois auditores internos para acompanhar, como ouvintes, 100% da auditoria. Esta prática auxiliou bastante na formação destes profissionais.

Importante que você invista bastante em sua equipe auditora. O conhecimento e motivação deles será uma alavanca poderosa para o crescimento do sistema.